sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

video

Crianças e Adolescentes “botam boneco” na luta pelos direitos

Dia das Crianças

Centenas de crianças e adolescentes, acompanhadas de representantes das entidades que lutam pelos direitos delas, participaram do lançamento da campanha de mobilização com o tema “Eu boto boneco pelos direitos da criança e do adolescente”. Na manhã desta quarta-feira (13), foram realizadas manifestações na Câmara Municipal de Fortaleza (CMF), no Palácio Iracema, onde funciona a sede do Governo Estado, e na Assembleia Legislativa (AL).

Os manifestantes carregavam bonecos como alusão ao tema da mobilização. Na AL, eles atiraram os bonecos em direção ao presidente da sessão, deputado Edson Silva (PSB) como uma forma de chamar atenção sobre a questão. As crianças são apoiadas por representantes dos fóruns DCA, Estadual pela Erradicação do Trabalho Infantil, Cearense de Enfrentamento à Violência Sexual contra a Criança e o Adolescente, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Condica) e Centro de Defesa da Criança e do Adolescente (Cedeca).

Núbia Pena, representante do Condica, denunciou que crianças pedindo esmolas nos principais cruzamentos da capital cearense, “perambulando” pelas ruas e praças e usando drogas já fazem parte da paisagem da cidade. Outra parte do cenário, porém, não é vista. Ela citou os casos dos abrigos, que de acordo com Núbia, são de péssima qualidade.

Apesar da manifestação, de certa forma barulhenta, nenhum deputado se pronunciou sobre o assunto. Os representantes das entidades de defesa das crianças e dos adolescentes dizem que os governantes não fazem nada para acabar com os problemas. Eles exigem dos governantes e parlamentares prioridade absoluta para a questão da criança e do adolescente.

Fonte: Jornal Jangadeiro

Água Perdida

Pedro Guilherme

Água perdida

Era uma vez uma cidade seca lá nunca chuvia

Uma vez um homem muito mau encontrou uma

Fonte e não queria dividi a água e ele espalhou que

Os saudados do rei iriam destruir a pequena vila

E passando algum tempo um homem muito bondoso

Encontrou a mesma fonte e espalhou que tinha

Uma fonte perdida na floresta, e o povo correu

Para a floresta e o homem mau não deixo pega a água

Então os guardas do rei prenderam o homem mal e todos saciaram sua sede e o povo ficou feliz para sempre.